Os estabelecimentos participantes do Projeto Eco Óleo, da Fundação do Meio Ambiente de Siderópolis (Famsid), estão recebendo placas de identificação, para melhor informar a população, que o local aceita óleo de cozinha usado. A placa se assimila com o adesivo fixado nas bombonas de depósito do material, também disponível nos estabelecimentos.
O projeto foi lançado, para facilitar a informação de onde depositar o óleo, já que as donas de casa acabam descartando no ralo da pia, o que prejudica o meio ambiente. Um litro de óleo pode contaminar até 20 mil litros de água. “Pedimos a toda a população que procure um local de recolhimento mais próximo e deposite esse óleo. Uma simples ação pode significar muito para nosso futuro”, ressaltou o prefeito de Siderópolis, Hélio Cesa, o Alemão.
Desde o lançamento do projeto, a Famsid já começou a receber muitos litros de óleo. Os principais doadores são estabelecimentos que trabalham com frituras. A população também tem aderido ao programa, e está dando o descarte correto no material.
Como depositar?
Para depositá-lo, basta esperar o óleo esfriar, colocá-lo dentro de uma garrafa pet e levá-lo até um ponto de coleta mais próximo e depositá-lo na bombona de arrecadação. O óleo deve estar limpo, sem nenhum rejeito de comida junto. A embalagem de arrecadação pode ser retornável para evitar o desperdício do material.
Pontos de arrecadação
– Ávila Restaurante e Eventos
– Padaria Casa do Pão
– Casa Verde
– Restaurante Gran Belluno
– Padaria Confraria do Pão
– Jijo Restaurante
– MM Rosso
– Paróquia Nossa Senhora Aparecida
– Restaurante Romagna
– Padaria Via Del Pane
– Padaria da Vó Laura
– Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here