O chefe da Casa Civil, Douglas Borba, e o coordenador da Central de Atendimento aos Municípios (CAM), Gabriel Arthur Loeff, conversaram sobre a situação das rodovias estaduais e sobre o Projeto Recuperar com os prefeitos da Associação de Municípios da Região de Laguna (Amurel), nesta segunda-feira, 9, no Centro Administrativo do Governo do Estado, em Florianópolis. Também participou o prefeito de São Ludgero, Ibaneis Lembeck, como presidente do consórcio CIM/Amurel.

 

Segundo Borba, a manutenção de estradas é uma das grandes preocupações do Governo do Estado. Por isso, foi criado, em parceria e com aprovação dos municípios, um modelo diferenciado de atendimento às necessidades da malha rodoviária por meio de consórcios. “O Governo tem que saber o que faz bem e o que não faz. Entendemos que o Estado conseguirá realizar um trabalho muito melhor se fortalecer os municípios, afinal os prefeitos estão mais próximos das demandas locais”, afirmou o chefe da Casa Civil.

 

Borba ainda reforçou que os investimentos em Infraestrutura não se resumem ao projeto: “O Recuperar é um dos braços da reconstrução da malha estadual”. O Governo ainda tem uma série de obras estruturantes e prioritárias dentro do plano estratégico de desenvolvimento das regiões.

 

Após tirar dúvidas técnicas a respeito do Projeto Recuperar, o coordenador da CAM explicou aos prefeitos que a assinatura do convênio com o CIM/Amurel deve acontecer em duas semanas.

 

Andamento do Recuperar

 

As primeiras adesões ao Recuperar aconteceram há cerca de um mês (1º de agosto 2019), quando o CIM/Amurel passou a integrar o projeto. Segundo Loeff, neste momento, os consórcios estão cadastrando os planos de trabalho para a manutenção das estradas dentro do Sistema Integrado de Planejamento e Gestão Fiscal (SIGEF).

 

Após a aprovação pela Secretaria de Estado da Infraestrutura, os municípios poderão assinar os termos de convênio e, então, receber os recursos. Tão logo o processo seja finalizado, o CIM/Amurel receberá cerca de R$ 615 mil mensais para manter uma malha rodoviária de 373,8 quilômetros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here